speyer-vinho-mais-antigo-mundo

Vinho de Speyer, o mais antigo do mundo

O Museu Histórico do Palatinado ou Museum der Pfalz, em alemão, fica na cidade de Speyer, ao sudoeste da Alemanha. A pequena cidade de 50,000 habitantes tem a honra de guardar uma relíquia preciosa para a humanidade: Römerwein der Speyer ou Garrafa de Speyer; o vinho mais antigo do mundo.

Vinho de Speyer data de 350 a.C

Desde a Renascença, quando a o ocidente redescobriu o esplendor da civilização grega e romana, arqueólogos de toda a Europa apresentam descobertas que esclarecem o passado, ao mesmo tempo que também intrigam a curiosidade moderna a respeito dos costumes da antiguidade. Numa dessas escavações, no longínquo ano de 1867, em Speyer, surgiu o túmulo de um nobre romano, posteriormente datado do ano 350 a.C.

Nele havia duas tumbas, a de um homem e uma mulher. Acredita-se que ele era um legionário romano e para fazer sua jornada além-mundo, como de costume, foi enterrado com garrafas de vinhos. Ao todo foram encontradas 16 garrafas, sendo 10 na tumba do homem e 6 na da mulher.

Apenas uma dessas garrafas sobreviveu ao tempo sem que o líquido evaporasse. Batizada de o Vinho de Speyer, a garrafa permanece lacrada mesmo após os 150 anos de sua descoberta. O líquido no interior permanece aparentemente intacto, e por isso, é considerado o vinho mais antigo do mundo.

vinho-mais-antigo-mundo-speyer-350ac
Embaixo de uma grossa camada de resíduos ainda há vinho na Garrafa de Speyer.

Mas o vinho mais antigo ainda é vinho?

O líquido dentro da garrafa está abaixo de uma camada grossa de colofônia (breu), que é uma resina derivada da terebintina, extraída de árvores. No passado era comum o uso de azeite e extratos para “selar” o vinho dentro da garrafa, assim ele não se misturava com o óleo e ficava protegido da oxidação.

Os cientistas alemães decidiram não abrir a garrafa, temendo sua reação com o ar, mas análises mostram que certamente o que ocorreu com o Römerwein, é que a quantidade de azeite e ervas usadas para lacrar o vinho na garrafa foi tamanha, que ao longo dos anos se formou uma capa protetora sólida, e que milagrosamente permaneceu intacta.

Enfim, o vinho de Speyer não é mais vinho, obviamente, mas foi um dia. A professora de enologia Monika Christmann da Universidade de Hochschule Geisenheim acredita que microbiologicamente falando é provável que ele não esteja estragado, mas é certo que o sabor não iria alegrar quem arriscasse um gole. Inclusive, ele poderia ser até venenoso.

É interessante refletir a constante presença dessa bebida maravilhosa que acompanha a humanidade desde tempos imemoriais, passando pelas civilizações gregas e romanas, das quais herdamos o hábito de beber vinho.

Vida longa ao Vinho de Speyer, o mais antigo do mundo!


Outros vinhos antigos

  • Vinho Rüdesheimer Apostelwein  – existe uma pipa em Bremen, na Alemanha, cheia de vinho da safra de 1653. Não estão a venda, mas algumas garrafas de 1727 são leiloadas para colecionadores.
Vinhos Rüdesheimer Apostelwein antigo
Vinho Rüdesheimer Apostelwein de 1727.
  • Champagne Veuve Clicquot Ponsardin, Heidsieck e Juglar – encontrados em 2010, em um navio naufragado, as garrafas possivelmente datam de 1782 e 1788. Alguns foram degustados em 2015 e os felizardos descreveram que apesar do tempo, eles ainda estavam agradáveis, porém bastante adocicados, como era o gosto na época.
champagne mais antigo do mundo
Champagne Veuve Clicquot Ponsardin encontrados datam de datam de 1782 e 1788.
  • Tokaji – essa raridade da Hungria é de 1680, e por muito tempo considerada a mais antiga garrafa de vinho do mundo.
vinho tokaji mais antigo
Vinho Tokaji mais antigo é de 1680.
  • Jerez de la Frontera – encontrado em uma antiga adega na Ucrânia, esse vinho espanhol foi engarrafado em 1775.
vinho antigo Sherry de la Frontera
Vinho Sherry de la Frontera de 1775.
  • Château Lafite Rothschild – segundo historiadores uma coleção de garrafas desse vinho francês de 1787 pertenceu ao presidente Thomas Jefferson.
vinho antigo Chateau Lafite Rothschild
Vinho Chateau Lafite Rothschild de 1787.

 


Equipe VinumDay • um vinho para cada dia

Aprender sobre vinhos - ebook

 

Compartilhar ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *